Domingo, 21 de Julho de 2024

DólarR$ 5,60

EuroR$ 6,01

Santos

17ºC

LEIA A COLUNA

PL prevê realização de campanha de combate aos golpes financeiros

A proposta é da vereadora santista Audrey Kleys (Novo) e tem como foco alertar os idosos

Sandro Thadeu

21/06/2024 - sexta às 03h00

Alerta aos idosos
A vereadora santista Audrey Kleys (Novo) apresentou, ontem, o Projeto de Lei 166/2024, que trata da instituição da Campanha de Combate aos Golpes Financeiros praticados contra os idosos no Município. A ideia é que sejam realizadas ações informativas e preventivas relacionadas à repressão aos crimes de estelionato, proteção e auxílio às vítimas, divulgação massiva dos golpes mais praticados e orientação das condutas a serem tomadas após a constatação de que a pessoa foi enganada.

Alvos preferenciais
"Como os fraudadores desenvolvem estratégias cada vez mais elaboradas e a população idosa detém menos domínio sobre recursos tecnológicos, somente o engajamento coletivo pode reduzir o problema", ressaltou a parlamentar. Na justificativa da propositura, Audrey citou que o número de golpes contra idosos no Brasil cresceu 70% no ano passado em comparação a 2022, segundo dados oficiais do Governo Federal. 

Bolsonaro em Santos
A coluna apurou que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e a esposa Michelle deverão passar pela Baixada Santista em julho. A expectativa é que ambos estejam em Santos no dia 14, ou seja, dias antes do início das convenções partidárias que irão definir os candidatos ao Executivo e ao Legislativo nas eleições municipais. Os detalhes dessa agenda serão definidos somente na próxima semana.

Caso de polícia
O advogado, engenheiro e pré-candidato a prefeito de Guarujá pelo PSOL, José Manoel Ferreira Gonçalves, registrou ontem um boletim de ocorrência contra o presidente da Câmara, Juninho Eroso (PP). Na última quarta-feira, ambos estavam na Câmara, onde ocorreu uma discussão sobre o novo Plano Diretor do Município.

Abuso de autoridade
Gonçalves explicou que não conseguiu concluir a fala no prazo de cinco minutos, durante o evento, e pediu para concluir o raciocínio. Porém, o parlamentar o impediu e determinou que o microfone fosse entregue a uma funcionária da Casa. "Na sequência, o Eroso disse que 'se eu abrir a minha boca aqui, o senhor nem daquela porta para dentro vai entrar mais'. Houve abuso de autoridade em razão de se prevalecer de sua posição hierárquica, agindo de forma arbitrária", destacou.

Atitude eleitoreira
A assessoria de imprensa da Câmara informou que o fato mencionado por Gonçalves não ocorreu "da forma ardilosa que está sendo imputado ao presidente da Casa" e que se trata de "uma atitude meramente eleitoreira, haja vista que o reclamante é pré-candidato a prefeito pelo PSOL". 

Exagero
Na nota enviada à coluna, a assessoria do Parlamento citou ainda que o advogado "tentou atrapalhar os trabalhos deste Legislativo, desrespeitando a todos os presentes,  extrapolando excessivamente o prazo de fala, concedido a cada inscrito, durante a audiência, motivo pelo qual foi chamada a sua atenção". 

Missão em Guarujá
O ex-vereador e ex-prefeito de São Vicente Pedro Gouvêa (PT) abriu mão de disputar novamente o comando do Palácio Martim Afonso e já está dedicado a uma nova missão: a coordenação de campanha do pré-candidato ao Executivo de Guarujá pelo PSB, Marcelo Pepe. 

Fechado com o time
"Não desisti de São Vicente. Apenas passei o bastão nesse momento. Continuo no grupo e vou colaborar com a Rosana Caruso e com o grupo de oposição ao atual governo", explicou Gouvêa à coluna. A informação sobre a possibilidade de ele abrir mão de disputar a eleição majoritária e de o PT vicentino lançar o nome da assistente social Rosana Caruso foi antecipada pela coluna no último dia 12. 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

ELEIÇÕES 2024

Limite de gastos das campanhas eleitorais é divulgado pelo TSE

LEIA A COLUNA

Emer Jaoude e Gilson Bargieri lançam candidaturas à Prefeitura de Peruíbe

LEIA A COLUNA

MDB garantirá preciosos segundos em rádio e TV para Rosana Valle

2
Entre em nosso grupo