Sexta, 19 de Abril de 2024

DólarR$ 5,20

EuroR$ 5,54

Santos

21ºC

MONGAGUÁ

Conheça as ideias para o futuro de Mongaguá de Rafael Redó

Sem a garantia de apoio do atual prefeito a sua candidatura, Rafael Redó tenta se viabilizar politicamente

da Redação BS9

21/02/2024 - quarta às 00h01

Divulgação

Portal BS9: Por que o sr. deseja ser prefeito de Mongaguá?

Rafael Redó: Ser candidato a prefeito de Mongaguá, cidade que amo, é uma missão de vida, que tracei e vem acontecendo de forma natural, pela carreira política que estou fazendo. Além disso, existe a história da minha família na cidade e a questão profissional que desempenhei em diversas áreas. Mas, principalmente, pelo amor e compromisso com o município. Ser prefeito, pra mim, não é questão de status, e sim o desejo de trabalhar sempre por nossa cidade. Deixar uma marca positiva, com resultados que vão marcar a história de Mongaguá.

BS9: Imaginando que o sr. será eleito prefeito de Mongaguá, qual será a primeira medida que o sr. irá adotar ao chefiar o Executivo Municipal?
 
Rafael: Geração de emprego é o resultado que vamos entregar sempre em nosso mandato, fazendo uma gestão que pensa sempre no desenvolvimento do município, nas capacitações profissionais, na geração de renda, na oportunidade de empresas investirem sempre em Mongaguá.

BS9: Na sua opinião, qual o principal problema enfrentado hoje pelo município de Mongaguá e que compromete a qualidade de vida do morador da cidade?

Rafael: Sempre a demanda maior vai ser nas áreas da saúde, educação e segurança, comprovado pelas pesquisas e conversas diárias com a população. Já avançamos muito nesses e outros setores. Mas o grande problema que queremos atuar para resolver: infraestrutura do município, que envolve os desafios de drenagem, as zeladorias de bairros, pavimentações de ruas, urbanização das áreas, núcleos de moradias, iluminação pública e entre outras. A nossa administração junto com o prefeito Márcio Cabeça tem investido muito em drenagem e já implantou mais de 200 mil metros quadrados de pavimentação e sempre com drenagem, e mais de 10 mil pontos de iluminação de led. Assim, a nossa missão é ampliar ainda mais essas ações.
Cada vez mais com os problemas climáticos e crescimento populacional, temos que ter a infraestrutura necessária para atender toda a cidade, e minimizar os problemas.

BS9: O sr.  poderia dizer quais as três principais ações e ou programas que pretende desenvolver caso venha a se tornar prefeito de Mongaguá?

Rafael: Já falamos de duas, com a geração de emprego e desenvolvimento econômico. Vamos fortalecer ainda mais o turismo, além de criar programas de capacitação e aprimoramento, fortalecendo o empreendedorismo de nosso município. Também vamos trabalhar pela infraestrutura do município e resolvendo problemas crônicos de longos anos na cidade. Mas, precisamos destacar que um dos alicerces de nossa Administração será o fortalecimento da saúde, educação, cultura e esportes, que garantem a elevação da autoestima de nossa população.
 

BS9: O sr. já tem definido o nome do candidato a vice-prefeito(a) em sua chapa? Quem é ele(a)?

Rafael: Temos bons nomes para compor essa chapa, e estamos dialogando com toda a base, presidentes de partidos, pré-candidatos e lideranças. O nome certo será escolhido em consenso com o grupo, demonstrando nossa união e o respeito pelas opiniões.

BS9: Em termos políticos e também de gestão pública, que qualidades o sr. acredita possuir que o diferencia dos demais pré-candidatos?

Rafael: A história com Mongaguá demonstra meu compromisso, desde a época de minha família. O meu caráter demonstrado todo esse tempo na vida pública, sem nenhum arranhão, escândalo, sendo ficha limpa, pessoa de bem que sempre procurei ser estando ou não em cargo, em lado político de situação ou oposição, e até fora de mandato. Nunca tendo a ganância ou maldade em meus atos com o próximo. E claro, a qualidade de gestor, em administrar conflitos, resolver problemas, fazer o diálogo, ouvindo a população, desempenhando o trabalho necessário que o gestor tem que ter com responsabilidade.

BS9: O sr. está satisfeito com a gestão do Governador Tarcísio de Freitas à frente do Governo do Estado de São Paulo? E do Presidente Lula, à frente da Presidência da República?

Rafael: Ambos assumiram seus mandatos talvez com a mesma estratégia, em economizar no começo do mandato, tentando reequilibrar as contas, e enfrentando crises. Não fizeram muito diálogo com os municípios e, na crise financeira que o país está passando, quem sente mais são os municípios menores, com orçamentos limitados. Ainda não reprovo a gestão deles, por entender que é cedo para avaliar, mas, que poderiam contribuir mais, acredito que poderiam.
 
BS9: O sr. aprova ou reprova o desempenho do atual prefeito de Mongaguá, Márcio Cabeça, à frente do Executivo Municipal?

Rafael: Aprovo, pelo simples fato de manter a responsabilidade com o dinheiro público, em um mandato tão desafiador como esse. Mais da metade do tempo enfrentando uma pandemia mundial com grandes consequências na vida de muitos, crise financeira, subida dos preços além da inflação, e mesmo assim entregando grandes obras, realizando diversos programas como por exemplo o vale alimentação do servidor público, gerando empregos com muitas empresas que chegam na cidade, fazendo inclusive reformas administrativas que trará desenvolvimento para a gestão pública do município. Não poderia simplesmente esquecer tantas coisas novas na cidade e reprovar o prefeito por não ter feito um show de verão e fogos de réveillon, ou por ter dificuldades financeiras para manter o ritmo de limpeza e zeladoria. Seria algo desleal com alguém que mesmo nas dificuldades investe mais de 35% do orçamento municipal na saúde, pavimentou diversas ruas, tratou muitos pontos complexos que alagavam e hoje não alagam mais, buscou recursos e entrega obras desde o primeiro ano de mandato.

BS9: O sr. assume o compromisso de caso eleito, ampliar os recursos orçamentários destinados às áreas do Turismo, do Esporte e da Cultura, já no seu segundo ano de Governo?

Rafael: São as áreas que muitas vezes a maioria não dá tanta importância, mas em que eu sempre atuei e acredito. Como citei anteriormente, farão parte dos pilares da minha Administração. Além de melhorar os recursos, vamos melhorar as infraestruturas dos equipamentos que atendem essas pastas. Sempre buscando a modernização dos espaços públicos.
O turismo, por eu acreditar que seja uma grande mola propulsora da nossa economia, onde gera emprego e renda na cidade e atende os comércios.
O esporte, de onde eu sempre estive e passei a experiência de administrar, promovendo e dando visibilidade a quem eleva o nome da nossa cidade.
 

E a cultura, por entender que trabalha com muitas crianças nas diversas oficinas e criando grandes eventos para todos os públicos, geralmente de forma totalmente gratuita.

BS9: Como melhorar o desempenho das áreas da Saúde e da Segurança no município de Mongaguá?

Rafael: Na saúde, fazendo a gestão necessária para não ter perda de recursos e gastos desnecessários. Buscando os programas com os governos Federal e Estadual, para todo atendimento da saúde preventiva e unidades de saúde. Além da meta em ter a maternidade de Mongaguá compartilhada com a Diretoria Regional de saúde, para só assim conseguir arcar com todos os custos necessários sem correr o risco de não atender os contratos e a população.
Já na segurança, um investimento forte na tecnologia, com a central e câmera de monitoramento, programas de inteligência, e estrutura para a Guarda Civil Municipal, em viaturas e condições de atendimento das ocorrências. Sempre trabalhando de forma integrada com as forças de segurança do Governo Estadual.

Leia na próxima semana, as entrevistas feitas com os pré-candidatos à Prefeitura de Peruíbe, Gilson Bargieri no dia 26 , Emer no dia 27 e Felipe Bernardo no dia 28.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

MÚSICA

Henrique Marx leva o melhor do sertanejo para o Brisamar Shopping

PROGRAMA

Brisamar Shopping recebe exposição da Esquadra do Descobrimento do Brasil

PROGRAMA

Festival Internacional Indígena de Bertioga começa hoje e segue até domingo

2
Entre em nosso grupo