Quarta, 21 de Fevereiro de 2024

DólarR$ 4,94

EuroR$ 5,34

Santos

24ºC

Artigo do Dia

Sua empresa pode ser cidadã. Você sabia?

Marcos Anselmo Ferreira Franco - Governador do Rotary D4420 2010-11

17/09/2021 - sexta às 00h03

Atualmente, a empresa imbuída de promover o bem-estar dos seus públicos internos e externos, apoiando ações sociais e ambientais, é mais percebida e valorizada pelos consumidores e parceiros.  Essa prática e valores chama-se responsabilidade social.

É uma conduta voluntária e, uma forma de administrar a empresa preocupando-se com os impactos que seu negócio causa na sociedade como um todo. Envolve o bem comum através de decisões estratégicas, ações, programas, projetos e parcerias. Isso independentemente do incentivo ou obrigatoriedade do Governo, como por exemplo, isenções fiscais ou exigências de parceiros.

Essa percepção surgiu nos Estados Unidos e Europa por volta de 1950, com a identificação dos danos causados pelas empresas, considerando que boa parte delas exercia atividades de maneira irresponsável, através da concorrência desleal, exploração do trabalho, abuso econômico e agressão ao meio ambiente.

A prática da responsabilidade social é divergente da filantropia ou do assistencialismo social, ela defende que as ações realizadas devem levar ao empoderamento e ao crescimento dos indivíduos beneficiados, ao desenvolvimento da empresa e a lucratividade em longo prazo, num processo contínuo de boas relações.

Tudo está conectado, nada mais acontece isoladamente. As relações internacionais se estreitaram, a economia mudou, a relações sociais se transformaram e problemas como a violência, as epidemias e catástrofes naturais preocupam a todos.

Ao instituir na sua empresa a prática da responsabilidade social, a imagem dela será fortalecida, tornando-se mais confiável, atraindo e fidelizando os consumidores, que hoje são mais exigentes e priorizam produtos e serviços que estão associadas a causas sociais.

Outros benefícios são as certificações, prêmios e selos socioambientais que lhes atribuem uma pontuação diferenciada em alguns processos competitivos e atraem mídias espontâneas que divulgam as empresas como referencial não só de qualidade, mas também de modelo social.

Nesse contexto, várias organizações, não governamentais, desenvolvem ações e projetos sustentáveis nos mais diversos locais. Elas realizam essas iniciativas sempre com parceiros responsáveis socialmente.

O Rotary International mantém milhares de projetos realizados através de seus 37 mil clubes espalhados pelo mundo, todos eles integrados por empresários e profissionais, líderes em suas profissões e comunidade.

O Rotary possui uma Fundação que incentiva e capacita seus integrantes a desenvolverem projetos, nas mais diversas áreas como meio ambiente, educação, saúde e paz em todos os locais do mundo. No Brasil, a Associação Brasileira da The Rotarian Foundation mantém o programa EMPRESA CIDADÃ, que concede um selo de responsabilidade social a todas as empresas que contribuem com um mínimo de 1.000 dólares anuais para esses projetos, além de direito de uso da marca Rotary em toda comunicação visual da empresa parceira. Desde 2008, esse programa já experimentou mais de 3.000 parcerias de sucesso em todo o Brasil, com resultados concretos para inúmeras comunidades.

Faça contato com um Rotary Clube da sua cidade e comprove que os rotarianos podem contribuir para melhoria da imagem do seu negócio como uma EMPRESA CIDADÃ, responsável socialmente.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal BS9

 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

JUSTIÇA

TSE multa deputada Zambelli em R$ 30 mil por fake news sobre e-Título

CULTURA

A Disqueria, um dos pontos culturais de Santos, fecha suas portas no próximo dia 29

MÚSICA

Beyoncé se torna primeira mulher negra a liderar as paradas de country nos EUA

2
Entre em nosso grupo