Sexta, 19 de Abril de 2024

DólarR$ 5,20

EuroR$ 5,54

Santos

21ºC

HISTÓRIA

Quem foi Ruy Barbosa, intelectual que dá nome a praça no centro de Santos?

Criador da primeira bandeira do Brasil republicano, Ruy Barbosa foi polímata, jurista, advogado, político, escrito, filólogo, jornalista, tradutor e orados.

da Redação BS9 - Victor Persico

19/02/2024 - segunda às 15h53

Ruy Barbosa de Oliveira (1849-1923) - Reprodução

Nascido em Salvador, no dia 5 de novembro de 1849, Ruy Barbosa de Oliveira foi um polímata brasileiro, se destacando na carreira de jurista, advogado, político, escritor, filólogo, jornalista, tradutor e orador.

Um dos maiores intelectuais de seu tempo, foi designado por Deodoro da Fonseca como representente do nascente governo republicado. Deste modo, tornou-se um dos principais organizadores, além de coautor da constituição da Primeira República ao lado de Prudente de Moraes.

Ruy Barbosa atuou na defesa do federalismo, do abolicionismo e na promoção dos direitos e garantias individuais.

Conhecido também por ter sido um grande orador e estudioso da língua portuguesa, atuou como ministro da Fazenda do regime instaurado em novembro de 1889, chamado de República da Espada, onde teve uma breve e discutida gestão marcada pelo encilhamento, grave crise econômica provocava pelo aumento indiscriminado da emissão de papel-moeda. Ainda como ministro, destruiu boa parte dos registros documentais de propriedade de escravos, evitando assim que antigos proprietários fossem ressarcidos. Logo em seguida, como deputado e senador, tornou-se um opositor ferrenho do comunismo, classificando-a como "A invasão do ódio entre as classes" e uma ameaça à liberdade cristão, assim como da vacinação obrigatória, classificando as vacinas como possíveis condutoras "da moléstia, ou da morte". 

Ruy Barbosa também foi o criador da primeira bandeira do Brasil republicano, inspirada na bandeira dos Estados Unidos e que foi adotada pelo governo provisório por quatro dias, sendo substituída pela flâmula brasileira.

Membro fundador da Academia Brasileira de Letras, em 1897, ocupando a cadeira de número 10 e presidente entre 1908 e 1919, foi também delegado do Brasil na II Conferência da Paz, na Holanda, em 1907. Teve papel decisivo na entrada do Brasil na Primeira Guerra Mundial. Já no final da vida, foi indicado para ser juiz do Tribunal Mundial, um cargo de prestígio, no qual recusou. 

Em julho de 1922, sofre um grave edema pulmonar, com iminência de morte. Meses depois, em fevereiro de 1923, sofre uma paralisia bulbar. Ruy diz a seu médico: "Doutor, não há mais nada a fazer". A 1º de março de 1923, falece em Petrópolis, à tarde, aos 73 anos de idade e tendo como últimas palavras as seguintes: "Deus, tende compaixão de meus padecimentos"

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

HISTÓRIA

Quem é Francisco Manoel, que dá nome a rua no Jabaquara, em Santos?

HISTÓRIA

Quem foi Luís Gama, patrono da Abolição da Escravidão do Brasil, que dá nome à rua de Santos?

HISTÓRIA

Quem foi Visconde de Mauá, industrial que dá nome à praça da Prefeitura de Santos?

2
Entre em nosso grupo