Domingo, 21 de Abril de 2024

DólarR$ 5,20

EuroR$ 5,54

Santos

20ºC

Variedades

CPUs passam a usar 85% menos transistores

Chips ultrapequenos com melhor desempenho começam a aparecer

Redação BS9

01/01/2022 - sábado às 14h47

Um grupo de pesquisadores em parceria com a Universidade de Tecnologia de Viena está desenvolvendo uma tecnologia que poderia mudar bastante o sistema de transistores com o qual estamos acostumados. Aproveitando o elemento Germânio (Ge), eles desenvolveram um novo projeto de transistor adaptável que pode alterar sua configuração em tempo real, de acordo com os requisitos da carga de trabalho.
 
Os transistores são as unidades fundamentais do projeto de semicondutores. Eles, em conjunto com seus gates/controladores, controlam a corrente de dados e em que direção ela flui. Esses projetos de três partes (um primeiro elemento, segundo elemento e o gate), que é considerado simples, nos permite ter bilhões deles amontoados nos mais recentes chips de alto desempenho

É a partir da adição de muitos transistores pequenos e simples juntos (em circuitos integrados) que o desempenho de ordem superior e cargas de trabalho mais complexas podem ser criados.
 
No entanto, os avanços relacionados ao aumento da densidade dos transistores estão se tornando mais difíceis de alcançar com o tempo. E embora a pesquisa de materiais e design tenha criado muitas maneiras de melhorar os transistores, seu design fundamental permanece o mesmo.

A partir disso, o grupo de pesquisadores de que falamos entra com sua proposta, que permitirá que o circuito se ajuste, ao invés de adicionar um circuito para cada operação como é feito atualmente.
 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

LITERATURA

História de menino indígena autista inspira livro sobre desafios e infância na aldeia

ARTE

Pintura de R$ 16 milhões atribuída a Tarsila entrou no Brasil de forma ilegal

FANATISMO

Brasileira que enviou 8 mil cartas a Harry Styles é condenada à prisão

2
Entre em nosso grupo