Terça, 28 de Maio de 2024

DólarR$ 5,15

EuroR$ 5,60

Santos

24ºC

Política

Subsídio dos vereadores de Santos deverá ser fixado em R$ 19.803,83

Atualmente, cada parlamentar recebe R$ 9.938,94/mês. Novo valor valerá a partir de 2025

Sandro Thadeu

19/04/2024 - sexta às 01h30

Reajuste de 99,25%
A Mesa Diretora da Câmara de Santos apresentou um projeto de resolução para fixar o subsídio mensal dos vereadores em R$ 19.803,83, a partir de 1º de janeiro de 2025. Atualmente, cada parlamentar recebe a quantia de R$ 9.938,94. Esse valor está vigente desde 2013 e praticamente dobrará, caso a proposta seja aprovada.

Correção de rota
Em março do ano passado, a Casa deu aval para uma matéria de teor semelhante que corrigiria gradualmente os valores dos vencimentos até junho de 2025. Inicialmente, o montante a ser pago seria de R$ 18.867,82 (definido com base nos índices de reajuste concedidos aos servidores municipais de 2013 a 2023). Em abril, passaria para R$ 19.803,83 e, em junho, para R$ 20.864,78. A modificação nesta resolução será necessária em razão de um apontamento do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP).

A regra é clara
No ano passado, o presidente da Câmara de Avanhandava, Franciano Batista Alves da Silva, fez uma consulta ao órgão de fiscalização para saber se seria possível instituir a cada ano da legislatura valores distintos de subsídios para os vereadores, assim como o Congresso Nacional. O TCESP explicou, no mês passado, que essa prática não é permitida para os legislativos municipais e citou que o reajuste escalonado seria configurado como aumento real, o que é vedado por lei. 

Troca de farpas
O vereador de Praia Grande Emerson Camargo (PSD) divulgou ontem, em sua página no Instagram, um trecho do próprio discurso feito na sessão da última terça-feira, quando citou que a Administração Municipal nunca promoveu diálogo com os servidores públicos. A prefeita Raquel Chini (Republicanos) fez questão de responder o legislador ao dizer que "não converso com pessoas do seu tipo, arrogantes, desrespeitosas e que tem duas ou três caras".

Papo reto
A chefe do Executivo ressaltou que o parlamentar não é bem-vindo ao gabinete dela e que não gasta o tempo "com politicagem barata, com atores que representam literalmente um papel quando deveriam ser verdadeiros e transparentes para os seus eleitores ou sindicalizados".

Consciência tranquila
De forma irônica, Camargo respondeu que não tem interesse de ir ao local temporário de trabalho da atual gestora e que "politicagem barata é brincar de ser prefeita". O vereador disse, ainda, que não faz parte do clã de Raquel, porque não compactua com erros, não trabalha com base em fofoca e não prevarica no cargo.

Mandato marcante
 "Dona Raquel, não sou seu adversário. Desejo muita luz em sua vida e Deus em seu coração. As críticas jamais serão pessoais, mas sim referentes à gestão. Bom término de mandato! A população jamais esquecerá sua breve passagem como prefeita", reiterou o parlamentar, que encerrou a postagem pedindo o retorno do deputado federal Alberto Mourão (MDB) ao comando do Município. 

Segurança reforçada
O prefeito de Bertioga, Caio Matheus (PSD), assinou ontem uma escritura para doar à Secretaria de Estado da Segurança Pública uma área de 10 mil metros quadrados. Nesse terreno, será construída a nova base da Polícia Militar (PM). "Seguimos empenhados em fortalecer o trabalho da PM e a segurança da nossa cidade", afirmou o chefe do Executivo.

Sonho concretizado
Comandante da corporação no Município, o capitão Enivaldo Pereira da Silva Junior revelou que o sonho de a PM ter um terreno próprio era aguardado desde 1989, quando Bertioga ainda era um distrito de Santos. "Quero agradecer ao prefeito por esse empenho, pelo trabalho e pela parceria", disse.

De braços abertos
O secretário de Estado de Governo e Relações Institucionais, Gilberto Kassab (PSD), recebeu o prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício (PSD), no Palácio dos Bandeirantes. “Foi uma excelente oportunidade para manter um diálogo construtivo com o Governo do Estado, alinhar projetos e discutir outras pautas para o desenvolvimento da Cidade", reiterou o chefe do Executivo.

Alinhamento político
O gestor municipal esteve acompanhado por importantes nomes da Cidade que fazem parte do seu grupo político e que são pré-candidatos ao Executivo, como o vice-prefeito André de Paula, o vereador Paulinho da TV e o ex-chefe de Gabinete de Luiz Maurício, Felipe Bernardo. A parlamentar Socorro Mendonça também esteve nessa agenda. 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

LEIA A COLUNA

Raquel Chini não disputará a reeleição e apoiará Mourão

LEIA A COLUNA

PLC da Câmara busca incentivar revitalização de centros históricos

EVENTO

Parlamento Jovem de Praia Grande toma posse em cerimônia no Palácio das Artes

2
Entre em nosso grupo