Terça, 28 de Maio de 2024

DólarR$ 5,16

EuroR$ 5,60

Santos

24ºC

LEIA A COLUNA

Câmara de Santos promove audiência pública sobre operação de 'navio-bomba'

Essa discussão no Legislativo está sendo provocada pelo vereador Chico Nogueira (PT)

Sandro Thadeu

14/04/2024 - domingo às 02h40

Debate necessário
O presidente da Comissão de Assuntos Portuários, Marítimo, Indústria e Comércio da Câmara de Santos, Chico Nogueira (PT), convocou para amanhã, às 19 horas, na sede do Legislativo, a audiência pública para discutir a operação dos chamados "navios-bomba" no Largo do Canéu, próximo à Ilha dos Bagres, na margem esquerda do Porto de Santos, que teve início no mês passado.

Perigo
Representantes de entidades ligadas à área ambiental e do Ministério Público de São Paulo vêm alertando sobre os riscos do terminal marítimo da empresa Compass/Cosan para o recebimento, estocagem e regaseificação (vaporização) de gás natural liquefeito (GNL). A embarcação com GNL será acoplada à estrutura do terminal, que fará a regaseificação e distribuição ao gasoduto. O poder de destruição desses navios é comparável ao de uma bomba atômica, segundo o físico estadunidense Amory Bloch Lovins.

Efeito devastador
A Associação de Combate aos Poluentes (ACPO) é uma das entidades que acionou a Justiça para barrar esse tipo de operação no Porto de Santos. No parecer técnico do engenheiro industrial Elio Lopes, feito a pedido da instituição, foi citado o seguinte trecho da publicação do autor estrangeiro mencionado acima: "o conteúdo de energia de um único navio metaneiro GNL padrão (de 125 mil metros cúbicos) é equivalente a sete décimos de um megaton de TNT, ou seja, cerca de 55 bombas de Hiroshima”.

Segurança garantida
A Cetesb explicou à imprensa que, durante o licenciamento ambiental desse empreendimento - o sexto do gênero no País -, todos os possíveis efeitos adversos relacionados ao empreendimento foram analisados, assim como foram definidas medidas e exigências para evitar, compensar ou minimizar os impactos negativos, garantindo a preservação da qualidade ambiental do estuário de Santos. 

Bola da vez?
Na última sexta-feira, o prefeito de Bertioga, Caio Matheus (PSD), exonerou a advogada Thalita Walperes do cargo de secretária municipal de Segurança e Mobilidade e a designou para a chefia executiva do gabinete dele. Filiada ao mesmo partido do chefe do Executivo, ela é um dos nomes cotados para disputar as eleições majoritárias neste ano.

Fazendo história
Matheus nomeou José Fernandes de Lira Júnior para a vaga que vinha sendo ocupada por Thalita, que preside o Conselho Municipal de Segurança. Ela foi a primeira mulher a comandar a pasta de Segurança e Mobilidade na história da Cidade.

Um passo de cada vez
O prefeito deverá anunciar nos próximos dias os nomes que pretende apoiar como prefeito e vice no pleito de outubro. Ele está convicto que montou uma equipe de trabalho competente e que trouxe importantes resultados à população. Por esse motivo, a confiança na vitória do grupo político dele nas urnas é alta.

Opção para o Executivo
O PV de Praia Grande definiu o nome do professor Afonso Ueno como pré-candidato a prefeito. O docente é o atual presidente da legenda no Município. "A atual conjuntura política do Município exige coragem, determinação, credibilidade e união", afirmou ele, que concorreu ao Legislativo municipal em 2012, pelo PDT, e em 2020, pelo PSD.

Renovação necessária
Os verdes também indicaram o nome do major reformado da Polícia Militar (PM) Moriki Ueno como vice na chapa. "O campo progressista de Praia Grande precisa de uma candidatura independente e de oposição, que representa a verdadeira renovação na Cidade", frisou Afonso. 

Maior proteção
O vereador de São Vicente Dercinho Negão do Caminhão (União) apresentou requerimento à Secretaria de Estado da Segurança Pública para que seja estudada a possilidade de uma base da Polícia Militar seja instalada na Avenida Newton Prado, próxima à Ponte Pênsil. 

Local estratégico
"A presença policial contínua nesse ponto estratégico não apenas desencorajaria a prática de crimes, mas também proporcionará uma sensação de segurança e proteção aos residentes e transeuntes que utilizam essa importante via de acesso", justificou o parlamentar. 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

LEIA A COLUNA

Raquel Chini não disputará a reeleição e apoiará Mourão

LEIA A COLUNA

PLC da Câmara busca incentivar revitalização de centros históricos

EVENTO

Parlamento Jovem de Praia Grande toma posse em cerimônia no Palácio das Artes

2
Entre em nosso grupo