Segunda, 24 de Junho de 2024

DólarR$ 5,38

EuroR$ 5,78

Santos

31ºC

POLÍCIA

Guarda Ambiental de Praia Grande flagra venda ilegal de animais silvestres

Homem foi detido por praticar o ato ilegal

Robson de Castro

10/06/2024 - segunda às 15h00

A Guarda Ambiental de Praia Grande flagrou e impediu a venda de  animais silvestres em uma feira livre realizada no bairro Quietude. A  equipe do grupamento, que faz parte da Guarda Civil Municipal (GCM),  deteve o homem que estava praticando o ato ilegal. O caso ocorreu na  última semana.

No momento da ocorrência, carregando uma caixa de papelão, o homem  circulava tranquilamente pela feira no Quietude. Dentro do recipiente  estavam filhotes de jabuti. A Guarda Ambiental estava atenta a este  tipo de atuação ilegal porque já havia recebido denúncias do mesmo  indivíduo atuando em outras feiras livres nos bairros Vila Sônia e  Caiçara.

"Os guardas sem aproximaram do homem suspeito e ele se desfez da  caixa. Ao mesmo tempo que teve essa atitude, colocou os filhotes de  jabuti nos bolsos. Tudo isso era uma tentativa de despistar os  guardas, mas haviam duas equipes no interior da feira e dessa vez  conseguimos detê-lo a tempo", explicou o inspetor chefe do Setor de  Proteção Ambiental, Fábio Barbatano Marques.

Após a ação em campo, a Guarda Ambiental encaminhou o homem para a  Central de Polícia Judiciária do Município, onde a ocorrência foi  registrada. Os animais resgatados tiveram como destino o Centro de  Triagem de Animais Silvestres (CETAS). Após o tratamento padrão  destinado a este tipo de situação, os jabutis serão soltos em sua  região de origem.

Guarda Ambiental – O setor da GCM atua desde 2009 e já resgatou 3.896  animais silvestres. Outro destaque é o trabalho desenvolvido no  combate aos crimes de desmatamento, loteamento, construções  irregulares e descarte de resíduos sólidos da construção civil.

Com aparato de 30 agentes, 5 viaturas, 5 drones, 2 embarcações e  acesso às imagens diárias de mais de 180 satélites junto à Polícia  Federal, a Guarda Ambiental é referência no só na Baixada Santista,  mas no cenário estadual e até nacional. O setor ainda faz parte da  Comissão Especial para Contenção de Invasão das Áreas de Preservação  criada pela prefeita praia-grandense, Raquel Chini.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

POLÍCIA

Operação contra roubo de veículos termina com 20 presos no litoral de São Paulo

POLÍCIA

Com mais segurança, Baixada Santista atrai novos turistas e Bombeiros recebem investimentos

POLÍCIA

Entenda como hotéis no centro de São Paulo eram usados para lavar dinheiro do crime organizado

2
Entre em nosso grupo