Segunda, 24 de Junho de 2024

DólarR$ 5,42

EuroR$ 5,81

Santos

28ºC

A sua Rua

A história do nome da via na Praia do Gonzaguinha

Pedro de Toledo foi advogado, diplomata e político brasileiro

Redação BS9

10/05/2022 - terça às 05h00

Além dos comércios, paisagem de tirar o fôlego é diferencial da avenida - (foto: Google Maps)

Um dos pontos mais bonitos da cidade de São Vicente, a praia do Gonzaguinha, tem no nome da avenida da orla uma homenagem ao Embaixador Pedro de Toledo. Ela começa na Praça Vinte e Dois de Janeiro e dá acesso a outras ruas importantes da cidade.
 
A via não é longa. Apenas quatro quadras em 800 metros de percurso. Além de residências, há também uma igreja, academia, restaurantes, como o tradicional Gaudio, adega, pousada e padaria. Mas o diferencial aqui, é a paisagem de tirar o fôlego.
 
Mas você sabe quem foi esse embaixador?
Pedro Manuel de Toledo nasceu em São Paulo no dia 29 de junho de 1860. Com uma família de políticos, não havia como fugir disso.  Seu avô paterno, Joaquim Floriano de Toledo, foi secretário particular do Imperador Dom Pedro I, além de vice-presidente da então província de São Paulo e seu tio, Visconde de Ouro Preto foi também deputado geral, senador, ministro da Marinha e  ministro da Fazenda.
 
Pedro de Toledo iniciou os seus estudos básicos e superior em São Paulo mas, antes de ingressar na carreira polítca, pediu transferência para a Faculdade de Direito de Recife onde lá se diplomou, em 1884. Depois disso, foi morar em Minas Gerais onde fundou a seção local do Partido Republicano junto com outras lideranças do partido.
 
Em 1895, foi deputado estadual de São Paulo pelo Partido Republicano e também fundou naquele ano o jornal A Nação, em oposição ao governo federal, então presidido por Prudente de Morais, que era líder de outra facção do mesmo partido.
 
Em maio de 1914, foi nomeado embaixador extraordinário e ministro plenipotenciário do Brasil na Itália. Nesse cargo, conseguiu a revogação da lei que impedia a imigração italiana para o Brasil. Entre outubro de 1917 e abril de 1919, foi transferido para a embaixada do Brasil na Espanha e exerceu as mesmas funções na Argentina entre novembro de 1919 e abril de 1926.
 
Em 7 de março 1932, foi nomeado interventor federal em São Paulo, e faleceu na cidade do Rio de Janeiro no dia 29 de julho de 1935, aos 75 anos. Em 9 de julho de 1957, os seus restos mortais foram transladados para o Monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista no Parque Ibirapuera, em São Paulo.
 
Uma curiosidade: Pedro de Toledo foi fundador e membro da Academia Paulista de Letras, titular da cadeira de número 39.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

A SUA RUA

Quem foi Padre Manuel da Nóbrega?

A SUA RUA

Quem foi Monteiro Lobato?

A SUA RUA

Quem foi José Bonifácio?

2
Entre em nosso grupo