Segunda, 27 de Maio de 2024

DólarR$ 5,17

EuroR$ 5,61

Santos

20ºC

SAÚDE

Prefeitura de Praia Grande reforça frota do Samu com duas novas ambulâncias

Duas novas unidades de suporte básico foram entregues  durante cerimônia no Paço Municipal. Com os dois veículos, Praia Grande passa a contar um total de 11 ambulâncias e uma motolância, compondo a maior frota do Samu da Baixada Santista

da Prefeitura de Praia Grande

22/12/2023 - sexta às 00h01

Unidades de suporte básico serão destinadas à nova base descentralizada do Maracanã - PMPG

Praia Grande está reforçando a frota de ambulâncias do Serviço Móvel  de Urgência e Emergência (Samu). Duas novas unidades de suporte básico  foram entregues  durante cerimônia no Paço  Municipal. Com os dois veículos, Praia Grande passa a contar um total  de 11 ambulâncias e uma motolância, compondo a maior frota do Samu da  Baixada Santista.

As ambulâncias atenderão a base descentralizada do Samu no Bairro  Maracanã, que foi inaugurada em agosto. Ambos os veículos são  equipados com kit contendo desfibrilador externo automático (DEA),  oxímetro e aspirador portátil.

"Com essas duas novas ambulâncias temos hoje a maior frota de  ambulâncias da Baixada Santista. As ambulâncias irão melhorar e dar  maior agilidade ao atendimento. Nosso compromisso é fazer o bem para  as pessoas", declarou a prefeita Raquel Chini.

Provenientes do Ministério da Saúde no final de outubro, os veículos  tiveram a documentação regularizada, bem como o emplacamento  realizado, para que fosse possível colocar em uso. Já as duas unidades  que estavam fazendo o atendimento no Samu Maracanã retornam para a  reserva técnica do Município, necessária para a cobertura de qualquer  eventualidade nas demais ambulâncias.

"Com essas novas ambulâncias e a quarta base do Samu inaugurada esse  ano, Praia Grande se consolida com uma das maiores e melhores  estruturas de atendimento pré-hospitalar do Estado. A Administração  Municipal está fazendo sua parte, buscando recursos para oferecer cada  vez mais um atendimento de qualidade à população", afirmou o  secretário de Saúde Pública do Município, Cleber Suckow Nogueira.

Praia Grande conta atualmente com 11 ambulâncias e uma motolância,  além de cinco veículos de reserva técnica. A Cidade conta também com  cinco Unidades de Transporte de Saúde (UTS) para o transporte e  remoção de pacientes que atendem critérios específicos, como estarem  acamados ou ainda serem oxigênio dependentes. Os atendidos devem  possuir laudos para usufruírem do serviço.

"Praia Grande é um dos municípios da Região com maior estrutura  operacional técnica e também no número de frotas. Estamos batendo 30  mil atendimentos nesse ano e a chegada dessas duas novas unidades vão  ajudar a atender essa demanda aumentada, diminuindo o tempo-resposta  dos atendimentos de forma bem satisfatória", destacou o enfermeiro  Eduardo Gomes da Silva, responsável técnico de enfermagem do Samu de  Praia Grande.

Mais veículos – O Município aguarda o envio de novas ambulâncias por  parte do Governo Federal para ampliar o atendimento à população  praia-grandense. “Nós já fizemos a solicitação de mais duas  ambulâncias e estamos no aguardo para que a gente aumente cada vez  mais o acesso da população aos serviços de urgência e emergência”,  disse Nogueira.

Regulação - Outra reivindicação praia-grandense é a vinda da Central  Regional da Regulação do Samu, que hoje está em Itanhaém, para Praia  Grande. "Estamos na busca de trazer a Regulação para cá, não justifica  estar sob a Regulação de Itanhaém. Para que nossas ambulâncias atendam  rapidamente dependemos do chamado da Regulação. Então, estamos lutando  muito para trazer para o nosso município", argumentou a prefeita.

Estrutura – Praia Grande possui atualmente quatro bases  descentralizadas do Samu que fazem o atendimento de urgência e  emergência em todo o Município. As unidades ficam nos bairros  Samambaia, Quietude, Boqueirão e Maracanã. As três primeiras ficam  anexas às Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) da Cidade e ao  Hospital Municipal Irmã Dulce (HMID).

A base do Maracanã está situada atrás da Defesa Civil e do Corpo de  Bombeiros. Isso proporciona um maior entrosamento entre esses  serviços, se tornando fundamental para o atendimento de casos mais  complexos.

Além das bases descentralizadas do Samu, a Cidade possui ainda três  unidades de saúde que são referências para os atendimentos de Urgência  e Emergência na Cidade e formam uma das estruturas mais completas da  Baixada Santista neste setor. São elas: o novo Pronto-Socorro Central,  no Bairro Guilhermina, e as UPAs dos bairros Quietude e Samambaia.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

TEATRO

CÁRCERE ou Porque as Mulheres Viram Búfalos da Companhia de Teatro Heliópolis chega à cidade de Pra

EVENTO

Procor SV fala sobre ações de combate ao racismo nas escolas a universitários de Santos

OBRAS

Avançam obras de novo espaço que acolherá mulheres vítimas de violência em Santos

2
Entre em nosso grupo