Terça, 21 de Maio de 2024

DólarR$ 5,10

EuroR$ 5,52

Santos

20ºC

SAÚDE

Prefeitura de Praia Grande investe em armadilha para capturar o mosquito da dengue

A equipe está realizando um projeto-piloto com uma empresa que detém a  tecnologia para testar a armadilha e ver como ela funciona dentro dos  pontos estratégicos (ferro velho, borracharia, locais de reciclagem  etc.) do Município

da Prefeitura de Praia Grande

27/12/2023 - quarta às 00h01

Saúde Ambiental faz teste com ovitrampas em ferro velho - PMPG

Com o objetivo de fortalecer as ações de prevenção e combate ao  mosquito Aedes Aegypti, mosquito transmissor das arboviroses (doenças  causadas pelo arbovírus – vírus da dengue, Zika vírus e chikungunya),  a Divisão de Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de  Praia Grande está desenvolvendo estudos com as chamadas “ovitrampas”,  espécie de armadilha para capturar o mosquito Aedes Aegypti.

A equipe está realizando um projeto-piloto com uma empresa que detém a  tecnologia para testar a armadilha e ver como ela funciona dentro dos  pontos estratégicos (ferro velho, borracharia, locais de reciclagem  etc.) do Município. Os profissionais de Saúde Ambiental passaram na  última semana por um treinamento para poder manipular a armadilha e  analisar os resultados.

“O Município está sempre procurando inovação e decidimos testar essa  tecnologia no nosso trabalho. Nós escolhemos um ferro velho de ponto  estratégico e instalamos três iscas que serão monitoradas  quinzenalmente para saber quais delas capturaram mais mosquitos, qual  tipo de mosquito, se é o Aedes Aegypti ou outro. Tudo isso vai nos  ajudar a direcionar nossa ação nesse local. Depois desse  projeto-piloto, nossa ideia é colocar em todos os pontos estratégicos,  o que vai ajudar a nortear nossas ações e aprimorar o serviço”, atesta  a diretora de Saúde Ambiental, Maria Fernanda Gonçalves.

Demais ações – Com a chegada do período mais quente do ano, a Divisão  de Saúde Ambiental está intensificando as ações de prevenção em toda a  Cidade. Um trabalho intensivo de combate à dengue e demais arboviroses  é realizado pelos agentes de endemias que percorrem o Município  conscientizando e mobilizando a população. As equipes realizam visitas  nas residências, bloqueio de criadouros de mosquitos, intervenção em  pontos estratégicos, tais como cemitério, desmanche de veículos e  borracharias. Além disso, os bairros que apresentaram maior atenção  nos indicadores de avaliação da Saúde Ambiental estão recebendo ações  de intensificação durante todo o mês de novembro.

Faça sua parte – A população também precisa fazer a sua parte na  guerra contra o mosquito Aedes aegypti. Vasilhames, garrafas, pneus  descobertos e os famosos pratinhos dos vasinhos de plantas ainda são  os grandes vilões, pois acumulam água parada, criadouro perfeito para  o mosquito transmissor.

Medidas simples dentro das residências como telar ralos, limpar calhas  periodicamente e colocar areia nos pratos de plantas fazem grande  diferença na luta contra a proliferação do mosquito vetor das doenças.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

HABITAÇÃO

Sehab realiza levantamento do Casa Digna no núcleo Caieiras I

GASTRONOMIA

Guarujá participa da 2ª edição do Baixada Santista Burger Gourmet

OPORTUNIDADES

PAT Guarujá oferta 68 vagas de emprego nesta terça-feira (21)

2
Entre em nosso grupo