Terça, 28 de Maio de 2024

DólarR$ 5,16

EuroR$ 5,60

Santos

23ºC

SAÚDE

Praia Grande abre o Cemas no fim de semana para vacinar a população

A dose da vacina contra a influenza é trivalente e imuniza contra três  tipos de vírus de gripe: H1N1, H3N2 e a influenza B, da linhagem  Victoria. A composição da vacina é estabelecida anualmente pela  Organização Mundial da Saúde (OMS)

da Prefeitura de Praia Grande

20/04/2024 - sábado às 12h00

PMPG

Praia Grande segue imunizando sua população todos os dias da semana.  Neste sábado (20) e domingo (21), feriado de Tiradentes, o Município  abre normalmente o Centro de Especialidades Médicas e Ambulatoriais  (Cemas – Rua Thomé de Souza, 1313, Bairro Aviação), das 9 às 15 horas,  para ofertar vacinas contra a gripe, HPV, covid-19, meningite e demais  que fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da  Saúde.

Gripe – A Campanha de Vacinação contra a Gripe no Município está  imunizando todos os grupos prioritários desde seu início. São eles:

- Idosos acima de 60 anos;
- Crianças de seis meses a menores de seis anos;
- Gestantes e puérperas;
- Trabalhadores da saúde;
- Professores;
- Pessoas em situação de rua;
- Povos indígenas;
- Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis;
- Pessoas com deficiência permanente;
- Profissionais das forças de segurança, salvamento e Forças Armadas;
- Caminhoneiros;
- Trabalhadores do transporte coletivo rodoviário;
- Trabalhadores portuários;
- Funcionários do sistema de privação de liberdade;
- População privada de liberdade;
- Jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

A dose da vacina contra a influenza é trivalente e imuniza contra três  tipos de vírus de gripe: H1N1, H3N2 e a influenza B, da linhagem  Victoria. A composição da vacina é estabelecida anualmente pela  Organização Mundial da Saúde (OMS), com base nas informações recebidas  de laboratórios de referência sobre a prevalência das cepas circulantes.

Documentação – Para receber a vacina, é necessário apresentar  documento oficial com foto e carteira de vacinação. As gestantes  deverão apresentar a carteira de acompanhamento e/ou pré-natal ou  laudo médico. Já as puérperas precisarão mostrar a declaração do  nascimento da criança ou documento do hospital onde ocorreu o parto.  Pessoas com doenças crônicas deverão apresentar laudo ou receita que  comprove a condição de saúde.

Para ter acesso ao imunizante, o professor precisará exibir documento  que comprove sua vinculação ativa no cargo. Os profissionais de saúde  deverão mostrar documento do conselho de classe (se houver) ou  comprovante que vincula o trabalhador com a instituição de saúde  (declaração do empregador, carteira de trabalho ou holerite, por  exemplo).

HPV – Também segue disponível a vacina contra o HPV (sigla em inglês  para papilomavírus humano) para crianças e adolescentes de 9 a 14  anos. Esta vacina está sendo realizada em dose única, conforme  orientação recente adotada pelo Ministério da Saúde e incorporada pela  Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. O principal objetivo é  ampliar a cobertura vacinal nessa faixa etária. A vacina contra o HPV  é a principal forma de prevenção ao câncer de colo de útero.

Covid-19 – Para 2024, o Ministério da Saúde incluiu a vacina contra a  covid-19 no calendário anual de vacinação para crianças de 6 meses a 4  anos, 11 meses e 29 dias. Compõem o esquema vacinal deste grupo três  doses do imunizante.

Nos demais públicos, a recomendação atual é priorizar os grupos com  maior risco de desenvolver as formas graves da covid-19. As pessoas  acima de 60 anos, imunocomprometidas e gestantes e puérperas são  indicadas a receber duas doses anuais.

Já os grupos prioritários devem receber uma dose anual. São eles:  pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus  trabalhadores, pessoas com comorbidades, indivíduos com deficiência  permanente, trabalhadores da saúde, indígenas, ribeirinhos e  quilombolas, pessoas privadas de liberdade maiores de 18 anos,  adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas, funcionários  do sistema de privação de liberdade e pessoas em situação de rua.

Outras vacinas – Também estarão disponíveis os imunizantes  correspondentes ao calendário anual de vacinação, como poliomielite,  sarampo, hepatite, entre outras. A vacina contra a meningite é  oferecida atualmente para crianças menores de 5 anos. A meningocócica  ACWY, por sua vez, está disponível para quem tem de 11 a 14 anos.

Usafas – A vacinação retorna normalmente para as Unidades de Saúde da  Família (Usafas) na segunda-feira (22).
 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

SUA SAÚDE

Bertioga inicia projeto de culinária saudável para pacientes diabéticos

TEATRO

CÁRCERE ou Porque as Mulheres Viram Búfalos da Companhia de Teatro Heliópolis chega à cidade de Pra

EVENTO

Procor SV fala sobre ações de combate ao racismo nas escolas a universitários de Santos

2
Entre em nosso grupo