Segunda, 24 de Junho de 2024

DólarR$ 5,43

EuroR$ 5,82

Santos

28ºC

CIDADANIA

No mês do Orgulho LGBTQIAP+, Guarujá cria Conselho Municipal da Diversidade Sexual

Órgão será responsável pela execução e fiscalização de políticas municipais voltadas para o tema

Robson de Castro

10/06/2024 - segunda às 21h00

No Mês do Orgulho LGBTQIAP+, a Prefeitura de Guarujá criou o Conselho Municipal dos Direitos da Diversidade Sexual (CMDDS) para financiar, executar e fiscalizar políticas públicas da Cidade voltadas à população Lésbica, Gay, Bissexual, Transexual, Queer, Intersexual, Assexual, Pansexual e mais (LGBTQIAP+). A Lei 5.223/2024 foi sancionada pelo prefeito Válter Suman, publicada no Diário Oficial de Guarujá, na última quarta-feira (5).

 

O CMDDS será composto por 18 conselheiros do poder público, divididos por representantes dos órgãos de saúde, educação, assistência social, cultura, turismo, jurídico, desenvolvimento econômico, segurança pública e direitos humanos. O Conselho contará ainda com 18 representantes da sociedade civil, divididos igualmente entre titulares e suplentes. Estes deverão ser indicados por movimentos, coletivos e organização LGBTQIA+.

 

Composto por Diretoria Executiva, constituída por presidente, vice-presidente e primeiro e segundo secretários, eleitos pelos conselheiros titulares, o Conselho contará ainda com comissões de trabalho e colegiado. Reuniões mensais serão realizadas pelos participantes.

 

O secretário municipal de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuci), Leandro de Azevedo Bittencourt, ressalta que o CMDDS representa "um salto muito importante para a garantia de direitos para a população LGBTQIAP+". Ele ainda enfatiza que a ação foi pensada após uma escuta de coletivos ligados à causa.

 

Mês do Orgulho

Na noite de 28 de junho de 1969, uma manifestação contra a violência policial que a população LGBTQIAP+ de Nova Iorque, nos Estados Unidos, sofria. Na data, os frequentadores do bar Stonewall Inn, famoso por ser um ponto de encontro de homossexuais e transexuais, sofreu uma batida policial. Em sinal de resistência, os clientes ocuparam o lugar, reivindicando seus direitos. A ação ficou conhecida como Revolta de Stonewall e determinou o Dia Internacional do Orgulho.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

SAÚDE

Carreta da mamografia com exames gratuitos inicia atendimento em Bertioga nesta terça (25)

SAÚDE

Novo Centro de Especialidades Odontológicas de Guarujá será entregue no dia 25

EVENTO

Festival une meio ambiente, cultura, moda, empreendedorismo e tradição em Cubatão

2
Entre em nosso grupo