Sexta, 19 de Abril de 2024

DólarR$ 5,20

EuroR$ 5,54

Santos

21ºC

SÃO VICENTE

Moradores da Aldeia Paranapuã recebem oficina de audiovisual

A produção audiovisual é fundamental para fortalecer a oralidade e a cultura Guarani, uma forma de guardar a narrativa verdadeira. Desde as primeiras aulas, os alunos foram apresentados aos equipamentos de filmagem e edição

da Prefeitura de São Vicente

02/04/2024 - terça às 09h00

Alunos eternizam suas histórias através de documentário em produção - Divulgação

Com o intuito de perpetuar suas tradições através de um documentário de produção própria, os moradores da Aldeia Paranapuã, em São Vicente, receberam, de 22 a 30 de março, uma oficina de produção audiovisual. O projeto "Ciclo de Cultura Tradicional" é ofertado pela Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, gerenciado pela Poiesis, com co-realização da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura (Secult).

Utilizando a câmera como caneta para eternizar sua cultura e tradições, o professor e cineasta Alberto Álvares ministra aulas no idioma Guarani aos indígenas da aldeia. O objetivo é dar a oportunidade de serem os autores de suas próprias histórias. "Eu acho incrível esse projeto. Estou muito feliz de estar aqui e poder ensinar aos meus parentes todos os conhecimentos que tenho no cinema. Quero que eles reescrevam a história deles no formato de vídeo, com o pensamento próprio, captura de imagem e direção de arte", ressalta o professor.

A produção audiovisual é fundamental para fortalecer a oralidade e a cultura Guarani, uma forma de guardar a narrativa verdadeira. Desde as primeiras aulas, os alunos foram apresentados aos equipamentos de filmagem e edição. Depois, começaram a produzir o roteiro para o documentário. Feito isso, as gravações começaram a todo vapor. Encontrar cenários bonitos não foi difícil.

Os moradores da aldeia amaram a oportunidade. "Eu gostei muito de poder manusear esses equipamentos. Nunca tinha visto igual. Fiquei muito feliz em registrar esse momento que estou passando com os meus colegas. Tive a oportunidade de entrevistar o meu pai para contar nossa história. Foi um momento bem especial", conta a aluna Franciele Gomes.

O resultado das produções será exposto no dia 30 de abril, através do canal do YouTube das Oficinas Culturais (https://www.youtube.com/OficinasCulturaisdoEstadodeSaoPaulo), em sessões comentadas pelos profissionais envolvidos na coordenação do projeto e das oficinas.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

MÚSICA

Henrique Marx leva o melhor do sertanejo para o Brisamar Shopping

PROGRAMA

Brisamar Shopping recebe exposição da Esquadra do Descobrimento do Brasil

PROGRAMA

Festival Internacional Indígena de Bertioga começa hoje e segue até domingo

2
Entre em nosso grupo