Domingo, 26 de Maio de 2024

DólarR$ 5,16

EuroR$ 5,60

Santos

19ºC

PRAIA GRANDE

Habilitação permite repasse federal de R$ 1,2 mi para a UPA Quietude

A habilitação ocorre após a realização de um processo burocrático entre o Município e o Governo Federal. Para fazer jus ao recurso, a Secretaria de Saúde Pública de Praia Grande atendeu diversos requisitos obrigatórios solicitados pelo Ministério da Saúde

da Prefeitura de Praia Grande

22/12/2023 - sexta às 00h01

Valor será utilizado no custeio dos serviços da unidade praia-grandense - Google Maps

A Prefeitura de Praia Grande viabilizou junto ao Governo Federal o  repasse de R$ 1,2 milhão por ano para o custeio dos serviços da  Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Quietude. O valor será repassado a  partir de janeiro de 2024 de forma fracionada, em R$ 100 mil mensais.  O montante se somará aos recursos investidos pela Administração  Municipal para o pleno funcionamento do equipamento de saúde.

A habilitação ocorre após a realização de um processo burocrático  entre o Município e o Governo Federal. Para fazer jus ao recurso, a  Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande atendeu diversos  requisitos obrigatórios solicitados pelo Ministério da Saúde. Em  dezembro, técnicos do Ministério estiveram na Cidade para uma visita à  UPA Quietude para avaliar as instalações e analisar o pleito  praia-grandense da habilitação do equipamento como UPA Porte I.

“A habilitação da UPA Quietude é uma luta de 10 anos, de um governo de  continuidade, que não desiste, que segue tocando os projetos  existentes e lutando por cada vez mais recursos. É um reconhecimento  importante, pois aqui na Praia Grande nós não negamos atendimento a  ninguém, atendemos a Baixada Santista toda”, comentou a prefeita, ao  anunciar a novidade na tarde de quarta-feira (20), durante a entrega  de duas novas ambulâncias do Serviço Móvel de Urgência e Emergência  (Samu).

Segundo o secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow  Nogueira, a população será beneficiada com a chegada desse aporte  financeiro para a UPA Quietude. “Essa habilitação vai ajudar o  Município no custeio da unidade, fazendo com que a UPA fique melhor  equipada e melhor preparada para atender os pacientes que necessitam  de um pronto-atendimento”, disse.

Inaugurado em janeiro de 2003 como Pronto-Socorro Quietude, a unidade  praia-grandense vem desde 2016 sofrendo intervenções e revitalizações  com base nas normas e diretrizes do Ministério da Saúde. Atualmente, a  Administração Municipal arca com todo custeio da unidade de saúde.  Após um ano desta habilitação, Praia Grande poderá solicitar a  qualificação do serviço, podendo fazer com que o valor passe para R$ 2  milhões, divididos em 12 parcelas de R$ 170 mil.

UPA – A UPA faz parte da Rede de Atenção às Urgências e é articulada  com a Atenção Primária, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência  (Samu), a Atenção Domiciliar e a Atenção Hospitalar. Sua função é  concentrar os atendimentos de saúde de complexidade intermediária,  possibilitando o melhor funcionamento da Rede de Atendimento de  Urgência.

Urgência e Emergência – Praia Grande possui uma das estruturas mais  completas da Baixada Santista no setor de Urgência e Emergência. A  Cidade tem três locais específicos que prestam serviços nesta área.  São eles: o Pronto-Socorro Central, no Bairro Guilhermina, e as  Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) dos bairros Quietude e  Samambaia. Todas essas unidades utilizam o sistema de Acolhimento com  Classificação de Risco, que prioriza o atendimento aos casos mais  graves, com atendimento 24 horas.

Praia Grande conta ainda com o Hospital Municipal Irmã Dulce (HMID),  que atende não só a Cidade como toda a Região, com atendimentos de  maior complexidade, realizando cirurgias de emergência e eletivas.

Outro destaque dessa estrutura diz respeito ao Serviço de Atendimento  Móvel de Urgência (Samu). O Município possui quatro bases  descentralizadas, localizadas nos bairros Boqueirão, Maracanã,  Quietude, Samambaia. A disposição das bases operacionais em Praia  Grande é um dos motivos apontados para a rapidez nos atendimentos  prestados. Para acionar o serviço do Samu, basta discar 192.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

EDUCAÇÃO

Brincadeiras africanas e indígenas integram Semana do Brincar em São Vicente

EMPREENDEDORISMO

Feito em Santos: artesã comemora chance de ampliar os negócios e ver produtos indo para o Exterior

TRÂNSITO

Santos reinaugura 'minicidade' educativa e anuncia criação da Escola Pública de Trânsito

2
Entre em nosso grupo