Quarta, 21 de Fevereiro de 2024

DólarR$ 4,94

EuroR$ 5,34

Santos

24ºC

APOLO FOI ENCONTRADO

Fim da agonia: após quase cinco dias, pit bull Apolo é encontrado por guardas portuários

Por volta das 5 horas, tutora recebeu a notícia por telefone

Por Alexandre Fernandes - Redação BS9

12/01/2022 - quarta às 11h48

Nas redes sociais, a tutora não escondeu o alívio, a emoção e o sentimento de gratidão - (foto: reprodução Instagram)

Uma agonia que durou quase cinco dias chegou ao fim com final feliz. Apolo, o cachorro pit bull que havia fugido de casa na tarde de sexta-feira, dia 7, em Santos, finalmente foi encontrado na manhã de quarta-feira, dia 12. Guardas portuários o localizaram próximo ao terminal de passageiros Concais.
 
Em postagens nas redes sociais, a tutora, a fisioterapeuta Josiane Barros, os guardas ligaram para ela por volta das 5 horas. "Ele estava em frente ao Concais, andando no sentido Ponta da Praia. Os guardas o seguiram e lembraram das postagens. Começaram a chamá-lo pelo nome e ele atendeu todas as vezes. Aí, tiveram certeza de que era ele".
 
Josiane chamou atenção para o fato de que os guardas procuraram acompanhá-lo com cuidado para não assustá-lo. Eles conseguiram se aproximar do cão e o levaram para a Delegacia do Porto. O marido, Marcelo, foi até lá e confirmou que era Apolo. Segundo ela, o cão estava bem, mas cansado e com sede.
 
A tutora não escondeu o alívio, a emoção e o sentimento de gratidão. "Sou muito grata a Deus, ao Universo, à Nossa Senhora do Monte Serrat (ontem à noite fiz uma promessa pra ela e fui atendida horas depois)".
 
Ela também agradeceu a todos que, de alguma forma, divulgaram as postagens que fez nas redes sociais sobre o sumiço do Apolo. "Se não fosse isso, os guardas não o teriam reconhecido e não saberiam que ele era meu. Vocês são sensacionais. Muito obrigada por atenderem meu pedido de socorro, pela empatia e solidariedade de todos vocês. Deus abençoe suas vidas grandemente. Serei eternamente grata".
 
Sumiço e drama
Apolo fugiu na última sexta-feira, por volta das 14h30, nas imediações da UPA Zona Leste, no bairro Aparecida. Segundo Josiane, ele correu assustado pela Avenida Afonso Pena, sentido canal 5.
 
Na sexta mesmo, logo depois de a tutora ter feito postagens nas redes sociais, algumas pessoas entraram em contato informando ter visto o cachorro na Afonso Pena mesmo, mas já na altura do bairro Embaré.
 
Aflita, a família chegou a fazer o reconhecimento de dois cães que teriam características similares às de Apolo. Um no canal 1 e outro em São Vicente. Nos dois casos, não era ele. E como chegavam cada vez menos informações, Josiane chegou a pensar que o cachorro poderia estar abrigado na casa de alguém, o que não aconteceu.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

CULTURA

A Disqueria, um dos pontos culturais de Santos, fecha suas portas no próximo dia 29

INICIATIVA

Hospital Municipal de Cubatão promove Curso de Libras aos funcionários

BERTIOGA

DOA realiza apreensão de materiais de construção em áreas de preservação

2
Entre em nosso grupo