Segunda, 24 de Junho de 2024

DólarR$ 5,38

EuroR$ 5,78

Santos

31ºC

Litoral

Praia Grande reaproveita 1.640 toneladas de lixo reciclável

Coleta seletiva e ecopontos são os responsáveis pelos resultados positivos

Redação BS9

01/01/2022 - sábado às 14h37

Uma cidade em constante crescimento, Praia Grande investiu em infraestrutura para a recolha e encaminhamento do lixo reciclável para o reaproveitamento. E somente em 2021, foram mais de 1.640 toneladas de lixo reciclável recolhidas, entre o serviço de Coleta Seletiva e nas unidades Ecopontos.
 
Atualmente, a cidade conta com 12 caminhões destinados exclusivamente ao serviço de Coleta Seletiva, que atende a 100% do Município. O serviço é realizado pela Sesurb, em conjunto com as instituições de reciclagem: Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis (Acamar) e Cooperativa de Coletores de Recicláveis e Materiais Inorgânicos Nova Vida (Coopervida), que possuem 46 e 54 cooperados, respectivamente.
 
A coleta é realizada seguindo o mesmo cronograma da Coleta Domiciliar, com 30 minutos de antecedência. Somente a Coleta Seletiva foi responsável pela recolha de 1.370,67 toneladas de resíduos, uma média de 274,13 ton/mês, que são encaminhados para as instituições para que sejam devidamente separados e comercializados.
 
Outros importantes trabalhos voltados à reciclagem, em Praia Grande, são os Ecopontos. Atualmente com 18 unidades em diversos pontos da cidade, neles é possível que a população leve ao local diversos itens recicláveis, sempre de segunda a sábado, evitando assim o descarte irregular de lixo pela Cidade. As unidades possuem caçambas com capacidade para comportar até 4m³ de resíduos cada uma, e é possível fazer o descarte de vidro; plástico; entulho (no limite de até 2m³ por pessoa no mês); metal; madeira; pilhas; óleo de cozinha e pneus (apenas nos ecopontos dos bairros Caiçara, Esmeralda e Aviação).
 
No ano de 2021 foram recebidas nos Ecopontos 133,61 toneladas de materiais recicláveis (vidros, plásticos, metais); 140,72 toneladas de pneus; 7.881,06 toneladas de entulho e 450 kg de óleo. No momento, estão em estudo a construção de novas unidades, nos Bairros Princesa, Samambaia e Tupi.
 
O lixo, seja reciclável ou não, descartado irregularmente pela população nas vias impacta diretamente no funcionamento do sistema de drenagem municipal. Atualmente, Praia Grande conta com 5 caminhões de sucção da tubulação de escoamento de águas pluviais, 5 caminhões hidrovácuo, 1 caminhão pipa e 9 máquinas especializadas na realização deste serviço, entre pás carregadeiras e retroescavadeiras. Os veículos e maquinários atuam também na manutenção de viadutos de modo a conferir maior eficiência no sistema de drenagem destas estruturas.
 
O sistema de drenagem de Praia Grande conta, ainda, com 13 estações elevatórias: Faria Lima, Rio Branco, São Paulo, São Salvador, Campo de Pouso, Monte Castelo, Napoleão Laureano, Pé na Areia, Pires, Paquetá, Vila Mar, Papoulas e Sereias. E o sistema de macrodrenagem possui 30 canais que visam auxiliar o sistema de microdrenagem das estações elevatórias.
 
A cidade conta atualmente com 19.402 bocas de lobo; 1.696 bocas de leão; 530 bueiros e 12.351 poços de visita. No ano de 2021, 08 das 13 estações elevatórias passaram por processo de modernização, sendo renovadas com automação.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

SAÚDE

Carreta da mamografia com exames gratuitos inicia atendimento em Bertioga nesta terça (25)

SAÚDE

Novo Centro de Especialidades Odontológicas de Guarujá será entregue no dia 25

EVENTO

Festival une meio ambiente, cultura, moda, empreendedorismo e tradição em Cubatão

2
Entre em nosso grupo