Domingo, 26 de Maio de 2024

DólarR$ 5,16

EuroR$ 5,60

Santos

19ºC

OLIMPÍADAS DE MATEMÁRICA

Alunos da rede municipal de Cubatão conquistam quatro medalhas de bronze

Importante frisar que a 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas OBMEP, a 18ª OBMEP, é uma ação exclusivamente cultural e recreativa, sendo a participação absolutamente voluntária e desvinculada à aquisição de qualquer bem

Da Prefeitura de Cubatão

26/12/2023 - terça às 10h06

Outros 22 alunos também se destacaram e receberam o título de Menção Honrosa. Ao todo, 62 estudantes de Cubatão foram premiados - Foto: PMC

Quatro alunos da rede municipal de Ensino de Cubatão conquistaram medalhas de bronze na OBMEP-2023, que é a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas. Outros 22 estudantes também se destacaram e foram agraciados com o título de 'Menção Honrosa' de participação. Vale ressaltar que Menção Honrosa'' é quando o aluno usa formas criativas para resolver questões.  E isso é bem visto e aceito pelos organizadores como algo diferencial e que, portanto, merecem ser destacados e também premiados.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Seduc), as quatro medalhas foram conquistadas pelos alunos Manuela Silva Sodré (nível 1), da UME Luiz Pieruzzi Neto, que também conquistou a medalha de prata a nível regional; Alice de Carvalho Pereira de Souza (nível 1), da UME Ulysses Guimarães; Arthur Lopes dos Santos (nível 1), da UME Rui Barbosa; e Felipe de Andrade Domenech (nível 2), da UME João Ramalho.

Importante frisar que a 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP, a 18ª OBMEP, é uma ação exclusivamente cultural e recreativa, sendo a participação absolutamente voluntária e desvinculada à aquisição de qualquer bem, serviço e/ou direito. Considerada maior olimpíada científica do país, o objetivo da OBMEP é identificar talentos jovens na matemática. É mérito estudantil, serve como incentivo às boas práticas e valorizar àqueles que se dedicam aos estudos e comprovam o seu saber. E para aferir este conhecimento, eles participaram de duas etapas.

A primeira foi realizada na unidade escolar em que  eles estudam. Esta prova foi aplicada no primeiro semestre do ano, mais precisamente no dia 30 de maio. Na segunda fase, o teste ficou a cargo da organização da Olimpíada. No caso de Cubatão, a prova ocorreu  dia 10 de outubro, na UME João Ramalho. Participam também alunos das redes municipal, estadual e federal. Ressalta-se que nos três entes,  destacaram-se, respectivamente, 26, 20 e 16 estudantes, perfazendo um total de 62 alunos da Cidade premiados. Sendo 1 medalha de prata, 7 de bronze e 55 menções honrosas.

Menção Honrosa – Dos 22 estudantes contemplados com a menção honrosa, 6 deles são da UME Padre Manoel da Nóbrega, outros  6 da UME  Luiz Pieruzzi Neto, mais 4 da UME João Ramalho, também 4 da UME Mário de Oliveira, além de 1 da UME Ulisses Guimarães e 1 do UME Bernardo Lorena.  A medalha de prata foi obtida pelo estudante Felipe Augusto da Silva Cruz, aluno da IFSP – Campus Cubatão, que também obteve uma de bronze, por Pedro Henrique de Lima Santos. A terceira e última medalha de bronze, das 7 conquistadas pela Cidade de Cubatão,  foi de Maria de Oliveira Barros, da Escola Estadual Afonso Schmidt.

A Olimpíada é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), a maior competição científica do país é destinada a estudantes dos Ensinos Fundamental (6º ao 9º ano) da rede municipal e do ensino Médio das redes estadual e federal. Eles foram divididos em três grupos: estudantes de 6 e 7 anos (nível 1), 8 e 9 anos (nível 2) e do  Ensino Médio (nível 3). No geral, os estudantes premiados receberem um total de 8,4 mil medalhas, sendo 650 ouros, 1.950 pratas e 5.850 bronzes, além de 51 mil menções honrosas.

Reconhecimento e agradecimento  – A Secretaria de  Educação de Cubatão parabeniza a todos os alunos que representaram o Munícipio nesta importante Olimpíada, em uma enriquecedora disputa e demonstração de conhecimentos na disciplina Matemática. Sendo assim, ''enaltece todos os que, de um forma ou de outra, se destacaram, especialmente aos estudantes da rede municipal, que ajudaram assim, juntos com os demais, a elevar o nome da Cidade  na questão da Educação, uma vez que a OBMEP tem destaque e visibilidade nacional e proporciona notável reconhecimento aos estudantes em que nela se sobressaem'', como é o caso dos 62 alunos cubatenses premiados", expressou a Seduc.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

EDUCAÇÃO

Brincadeiras africanas e indígenas integram Semana do Brincar em São Vicente

EMPREENDEDORISMO

Feito em Santos: artesã comemora chance de ampliar os negócios e ver produtos indo para o Exterior

TRÂNSITO

Santos reinaugura 'minicidade' educativa e anuncia criação da Escola Pública de Trânsito

2
Entre em nosso grupo