Segunda, 24 de Junho de 2024

DólarR$ 5,42

EuroR$ 5,81

Santos

28ºC

TURISMO

A força do Turismo Subaquático no Estado de São Paulo

A atividade une a pastas do Turismo e do Meio Ambiente

Robson de Castro

25/05/2024 - sábado às 18h00

O Estado de São Paulo tem grande vocação náutica, com 4.200 km de rios navegáveis, 50 represas e mais de 800 km de costa litorânea. É destaque em pontos de mergulho com alta visibilidade e condições favoráveis em zonas costeiras e águas internas. "Essa oferta cria oportunidades de implantação de centros de visitação, museus, parques, jardins aquáticos, recifes artificiais, afundamentos e naufrágios", ressaltou Roberto de Lucena, Secretário de Turismo e Viagens do Estado de SP (SETUR-SP), na tarde desta quarta-feira (22/5), em reunião com Natália Resende, Secretária de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística do Estado de SP (SEMIL).

 

Durante o encontro foi analisada, juntamente com técnicos das duas Secretarias, esta vocação paulista que envolve um nicho de turismo de mergulho, que permite não somente a observação da fauna e flora marinha, mas também a contemplação de estruturas submersas em zonas costeiras e canais fluviais, como naufrágios, afundamentos, obras de arte e esculturas, patrimônios ou ruínas submersas, jardins e recifes de corais naturais e artificiais, entre outros elementos.

 

Os Secretários acreditam que é preciso estudos com laudos ambientais e jurídicos para levantamento de dados agregados à educação ambiental para o fomento do Circuito dos Mergulhos. Foram exibidos os principais destinos em solo paulista para esta atividade: Cananéia – costa litorânea/Lagamar; Ilhabela – costa litorânea; Itapura – Rio Tietê/Rio Paraná; Presidente Epitácio – Rio Paraná; Rifaina – Rio Grande e Rubinéia – Rio Paraná.

 

Lucena e Natália ficaram otimistas com este trabalho em favor do avanço do Turismo Subaquático que vão até reorganizar o Passaporte do Mergulho já idealizado no passado e que proporcionou sucesso e grande procura na época. Participaram também deste encontro Éder Rafael dos Santos, Chefe de Gabinete da SETUR-SP, Ana Clemente, Coordenadora de Turismo da SETUR-SP e Rodrigo Levkovicz, Diretor Executivo da Fundação Florestal. 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

SAÚDE

Governo de SP antecipa R$ 17,3 mi para reforçar atenção básica na região da Baixada Santista

SEU BOLSO

Proprietários de cerca de 2 milhões de veículos com IPVA em atraso são notificados

CIDADE DE SÃO PAULO

99Abastece chega na capital e motoristas parceiros podem economizar até R$ 1 mil*/mês em combustível

2
Entre em nosso grupo