Quarta, 17 de Agosto de 2022

DólarR$ 5,17

EuroR$ 5,26

Santos

25º max

16º min

OS PREFERIDOS DO ELEITORADO PAULISTA

Celso Russomano e Delegado Olim lideram intenção de voto para deputados Federal e Estadual

Instituto Badra estimulou 18 nomes para cada uma das casas legislativas, Câmara Federal e Assembléia Legislativa, com o objetivo de testar o potencial de votos

Da Redação BS9

26/07/2022 - terça às 17h15

A Badra ouviu 2.666 eleitores, entre os dias 21 e 23 de julho, de forma presencial, em 56 diferentes municípios - Arte: Badra Comunicação

Um disco de pesquisa contendo os nomes de 18 pré-candidatos, por São Paulo, à Câmara Federal, em Brasília, e, outro, com a mesma quantidade de postulantes, aos assentos da Assembleia Legislativa, na Capital. Assim foi composto o cenário estimulado do mais recente levantamento de intenção de voto realizado pela Badra Comunicação e que ouviu 2.666 eleitores paulistas, em 56 diferentes municípios.

Candidato à reeleição, o deputado federal Celso Russomano (Republicanos) é disparado o preferido do eleitor paulista, com 19,8% das citações. Em segundo lugar aparece a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 8,6%, seguida de perto pelos deputados federais Tiririca (PL) e Eduardo Bolsonaro (PL), com 7,7% e 7,0%, respectivamente.


Também em busca de um novo mandato como deputado estadual, o Delegado Olim, do Progressista, é o pré-candidato com o melhor desempenho, nesse momento, junto aos eleitores de São Paulo, com 10,9% das intenções de voto. Colega de mandato de Olim, Caio França, que tem base eleitoral na Baixada Santista, é o segundo melhor posicionado, com 11,2% das citações. Em terceiro aparece o presidente da Câmara dos Vereadores de São Paulo, Milton Leite, do União Brasil, com 8,8%. A sambista e deputada estadual Leci Brandão (PCdoB) surge na quarta posição, com 8,7% da preferência.
Arte: Badra Comunicação

Apenas uma tendência

Segundo Célio da Costa, diretor-presidente da Badra Comunicação, a proposição de um conjunto de nomes para a disputa proporcional, ainda que limitada (18 para deputado federal e 18 para deputado estadual), ajuda a perceber a tendência de voto junto ao eleitorado, em relação a pré-candidatos com maior densidade eleitoral, ainda que a lógica da eleição proporcional não garanta a conquista de mandato por candidatos muitas vezes bem votados. “Mesmo assim, é plenamente possível sentir e identificar quem está no raio de lembrança, de visualização e até no foco dos eleitores”, argumenta.

Aliás, os nomes que compõem os discos foram definidos a partir de um conjunto de critérios estabelecidos pela equipe técnica do instituto e que leva em consideração, por exemplo e entre outros, se o pré-candidato disputa a reeleição  para o mesmo cargo ou algum outro; seu desempenho eleitoral em 2018 e 2020; a representação, no disco, das diferentes correntes políticas; a percepção pública de que a pré-candidatura de fato está colocada e até mesmo a popularidade do nome. “Mas inegavelmente alguns nomes importantes ficam de fora e por isso que a Badra sempre é clara ao explicar que, diferentemente da pesquisa para cargos majoritários, o levantamento para a eleição proporcional é apenas uma medição de potencial de votos”, afirma da Costa.

Esse tipo de levantamento, e se objetivando a divulgação dos resultados, só pode ser realizado até o efetivo registro das candidaturas. Daí para a frente, no caso das pesquisas estimuladas, somente podem ser realizadas aquelas que apresentam os nomes de todos os candidatos registrados, o que torna esse modo de consulta inviável. A partir das candidaturas registradas, os levantamentos para a eleição proporcional deverão contemplar apenas respostas espontâneas.

A pesquisa dividiu o Estado em duas macrorregiões: Grande São Paulo, que é composta por 39 municípios e reponde por 47% do eleitorado total, e Interior, com suas 606 cidades e 53% do eleitorado. A Badra ouviu 2.666 eleitores, entre os dias 21 e 23 de julho, de forma presencial, em 56 diferentes municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral sob o número SP-05435/2022. O resultado completo da pesquisa você confere acessando www.badracomunicacao.com.br.

Pesquisa na véspera

Além dessa pesquisa, cujo resultado a Badra divulgou ontem, dia 25, outros dois levantamentos de intenção de votos estão programados até a eleição de outubro. Em agosto, a divulgação ocorrerá no dia 29, também uma segunda-feira. Já em setembro, o Instituto divulga o resultado de sua pesquisa no dia 30, portanto na sexta-feira que antecede o domingo das eleições, dia 2. 

“O compromisso da Badra é com a boa e correta informação e com o eleitor. A pesquisa de opinião é um estudo técnico, que conta com metodologia e tem um bom grande grau de acerto, se conduzido com seriedade e imparcialidade. Lançar um resultado na véspera da eleição, que pode ser confrontado com a decisão das urnas, é uma das formas que a Badra encontrou para mostrar sua competência no assunto”, finaliza Célio da Costa, diretor-presidente da Badra Comunicação.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Essa rodada de pesquisas está registrada na Justiça Eleitoral sob os números BR-06695/2022 e SP-05435/2022. A amostra, representativa do universo (eleitorado do Estado de São Paulo – TSE-JUN/2022), leva em consideração a proporção dos eleitores por municípios-regiões, gênero, faixa etária, escolaridade e renda. O Instituto colhe, ainda, dados como religião e ocupação das pessoas entrevistadas.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

O MAIS RECENTE LEVANTAMENTO REGISTRADO

Márcio França lidera intenção de voto para o Senado por São Paulo

O MAIS RECENTE LEVANTAMENTO REGISTRADO

Pesquisa indica vitória de Fernando Haddad, no primeiro turno, para o Governo de São Paulo

ENQUETE BS9

Mais de 40% irão comprar um presente para o Dia das Mães

2
Entre em nosso grupo