Quarta, 21 de Fevereiro de 2024

DólarR$ 4,94

EuroR$ 5,34

Santos

24ºC

Artigo do Dia

Ela sempre volta

Fernando Chagas - Cientista político

11/08/2021 - quarta às 00h00

O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, elevou a taxa básica de juros (Selic) de 4,25% para 5,25% anual na última reunião, com a finalidade de desaquecer a economia e principalmente derrubar a inflação, que mostra sinais de descontrole no momento.
 

Apesar da medida rigorosa do Copom, os preços de bens e serviço continuarão nas alturas, porque a nossa inflação é de custo, decorrente da falta de insumo, escassez de matéria prima e aumentos da alimentação, do dólar, do combustível e sobretudo da energia elétrica, numa situação em que a elevação da Selic tem pouca eficácia.
 

Nesse cenário, o consumidor brasileiro deverá experimentar um alto custo de vida por longos meses, podendo terminar o ano de 2021 vendo 6,5% de inflação e 7,0% na Selic no mínimo, para a tristeza do trabalhador e do desempregado.
 

Enfim, o posto ipiringa do Ministro da Economia, Paulo Guedes, coloca combustível adulterado na economia nacional, levando inflação alta e crescimento baixo para a população, ao contrário do prometido no início do Governo.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal 

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

JUSTIÇA

TSE multa deputada Zambelli em R$ 30 mil por fake news sobre e-Título

CULTURA

A Disqueria, um dos pontos culturais de Santos, fecha suas portas no próximo dia 29

MÚSICA

Beyoncé se torna primeira mulher negra a liderar as paradas de country nos EUA

2
Entre em nosso grupo