Domingo, 22 de Maio de 2022

DólarR$ 4,88

EuroR$ 5,15

São Paulo

23º max

11º min

MAGALU

Magazine Luiza oferece crédito de R$ 100 a R$ 5.000 em aplicativo

A quantia é liberada diretamente no MagaluPay, a conta digital do Magalu

Daniele Madureira - Folhapress

13/05/2022 - sexta às 18h25

Por meio do aplicativo, clientes da rede podem ter acesso a uma linha de crédito pré-aprovada de R$ 100 a R$ 5.000 - Divulgação/Magazine Luiza

A varejista Magazine Luiza lançou nesta quinta-feira, dia 12, uma fintech que vai oferecer crédito a consumidores e a lojistas. Por meio do aplicativo, clientes da rede podem ter acesso a uma linha de crédito pré-aprovada de R$ 100 a R$ 5.000.

O valor do crédito oferecido a cada consumidor é calculado com base na análise do seu perfil. Segundo a empresa, 10 milhões de clientes já têm crédito pré-aprovado. Ao todo, 45 milhões usam o aplicativo da rede.

A quantia é liberada diretamente no MagaluPay, a conta digital do Magalu, que pode ser usada para qualquer tipo de pagamento.

Já para os 160 mil lojistas do marketplace da companhia (os "sellers"), a fintech Magalu vai oferecer um cartão de crédito.

Neste caso, os sellers interessados podem se inscrever na lista de espera, por meio de um convite, que será enviado nos próximos dias pelo Magalu. Os portadores do cartão de crédito empresarial vão contar com um programa de benefícios, com direito a troca de pontos por serviços oferecidos no ecossistema Magalu.

De acordo com a varejista, a fintech já nasce como uma das dez maiores do Brasil, com mais de 16 milhões de clientes únicos, incluindo os 9 milhões que têm conta digital MagaluPay e os 7 milhões que têm o cartão de crédito da rede.

A Fintech Magalu é resultado da integração de uma série de companhias adquiridas pela empresa nos últimos anos, Bit55, Stoq e Hub Fintech, e da operação Luizacred. Em 2021, o volume total de transações somou R$ 65 bilhões.

O valor leva em conta a operação de cartão de crédito pessoa física, a sub-adquirência do marketplace e serviços financeiros prestados a terceiros. A empresa é responsável, por exemplo, pela operação de pagamento a caminhoneiros e transportadores da CargoX.

Deixe a sua opinião

Leia Mais

ver todos

ECONOMIA

Estatal boliviana reduz 30% do fornecimento de gás natural ao Brasil

SEGUE FRIO, MAS NEM TANTO

Frio intenso deve diminuir nos próximos dias em São Paulo

SHOPEE, ALIEXPRESS...

Presidente descarta taxar compra por meio de aplicativos estrangeiros

2
Entre em nosso grupo